Como Escolher Cortinas para Salas


Saiba como comprar a cortina certa para sua sala

Seja para proteger do calor, controlar a luminosidade ou para dar um toque a mais na decoração as cortinas para sala são peças fundamentais. Quando abertas, as cortinas modificam o cômodo, dando a iluminação natural que é sempre bem recebida. Já quando são fechadas, elas tornam o ambiente mais aconchegante, sendo perfeito para assistir aquele filme entre amigos.

A grande dúvida que surge, entretanto, é como escolher as cortinas para sala que fiquem perfeitas no ambiente, sendo úteis e bonitas, harmonizando com a sala. Para isso é preciso saber qual será o uso principal da cortina e seguir algumas dicas para que a compra seja a ideal.

Leia também:

Como escolher cortinas para sala

Na hora de comprar a sua cortina é preciso lidar com diversas opções, todas tentadoras e prometendo ser o melhor para seu cômodo. Apesar disso é fundamental escolher uma cortina para a sala que tenha a ver com o ambiente e que além de cumprir sua função adapte-se a todo o ambiente, de maneira harmoniosa e integrada.

– Identifique o uso principal

Naturalmente, cortinas para sala não tem apenas um uso e na maioria das vezes combina diversos usos ou mesmo todos. Apesar disso, é preciso identificar qual é a prioridade do seu ambiente, pois somente assim você poderá direcionar a compra da sua cortina.

· Para controlar a luminosidade

Estar vendo um filme e ao mesmo tempo ter que lidar com uma claridade incômoda que te faz perder uma cena importante pode ser bastante frustrante, assim como ter que acender a luz quando lá fora o sol brilha. Por causa disso é importante controlar a luminosidade da sala e por isso cortinas são tão importantes.

O uso correto de cortinas permitirá que você aproveite ao máximo a iluminação natural na sua sala quando assim desejar, ao mesmo tempo em que fará com que possa escurecer tudo quando for preciso.

· Para controlar a temperatura

Se a sua janela possui grande incidência solar, o verão pode ser uma dor de cabeça para você, fazendo que seja mais difícil manter uma temperatura agradável. Assim, muitas vezes você pode se ver forçada a ligar o ventilador ou o ar condicionado com mais frequência.

Utilizar cortinas corretas, por sua vez, pode fazer toda a diferença, impedindo que os raios solares esquentem ainda mais a sua sala através de camadas bloqueadoras de calor, como no ocaso dos blackouts. Já o uso de um modelo de cortina inapropriado pode fazer com que sua sala retenha ainda mais calor e por isso é tão importante escolher o modelo certo.

· Para separar ambientes

Nem só de portas e paredes vive a separação de ambientes em uma casa e para separar a sua sala de estar de uma sala de TV ou de jantar, por exemplo, você pode lançar mão de cortinas mais estruturadas, dando uma aparência moderna e nada convencional ao ambiente. O melhor de tudo? Você não vai precisar gastar muito para isso.

· Para decoração

Pode ser que você não tenha grandes necessidades quanto à sua sala, mas é certo que a decoração é um ponto fundamental do ambiente. Desse modo, é preciso escolher cortinas que conversem com toda a decoração da sala, criando uma combinação perfeita e digna de capa de revista.

– Escolha o modelo certo

Identificando e priorizando as necessidades da sua sala você terá uma boa ideia do tipo de cortina que precisa e aí é chegada a hora de escolher o modelo. Esse ponto é crucial, porque o modelo e o uso das cortinas para sala caminham de mãos dadas, já que a função só será alcançada escolhendo o modelo correto.

Assim, se você deseja escurecer o ambiente prefira cortinas do tipo persiana de rolo ou romana, que podem ser utilizadas junto de cortinas normais. Blackouts também são uma ótima opção, além de servirem para controlar a temperatura do ambiente.

Para separar ambientes opte por persianas comuns, em painel de madeira ou do tipo silhouette, modernizando a decoração. Já se o intuito preferencial é decorar, opte por cortinas de tecido caprichadas em cores e texturas.

– Não erre na altura

Os trilhos de cortinas para sala devem ficar entre 20 e 30 centímetros acima da janela, de modo a não achatar o ambiente. É importante que toda a janela seja coberta pela cortina, cuja altura fica ao seu critério: você pode escolher que a cortina arraste ou não no chão. Caso deseje que a cortina arraste no chão, o comprimento deve ser de 2 a 5 centímetros maior. Mas tome cuidado, pois esse tipo é pouquíssimo recomendado para pessoas alérgicas já que acumula mais poeira.

– Combine cores

As cortinas para sala precisam estar integradas a todo o ambiente e para isso é preciso prestar atenção às cores. Prefira cortinas para sala com cores na mesma paleta de toda a sala, de modo que seja uma continuidade de tudo o que existe no cômodo.

Se quiser ousar, opte por cortinas de uma, duas ou três cores mais fortes e que ornem com todo o ambiente. Cortinas estampadas também estão entre as opções: as florais dão um toque romântico ao ambiente, enquanto as listradas dão sensação de amplitude. Já padrões psicodélicos e artísticos dão um toque moderno e pouco convencional.

As cortinas para sala podem te ajudar a conseguir o ambiente que você sempre desejou, sem precisar gastar muito. Organize suas prioridades e escolha a cortina perfeita para você.

O que você achou das dicas para escolher cortinas para salas? Deixe abaixo o seu comentário!

One Comment

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)